Desgosto e inimizade, Carla Milho

Da bela Lisboa de Portugal, a escritora amadora Carla Milho regressa para partilhar connosco os seus pensamentos de empoderamento, amor-próprio e profundas reflexões sobre a vida. Participe de nossa Antologia com um texto que deixa lições valiosas sobre como é importante ser genuíno, não se parecer com ninguém ou fingir o que não é. Suas letras são definitivamente poesia sem igual.

Receber

Ser normal , não tem piada!!

Verdade, sempre achei que ser normal não tinha piada nenhuma!
Sempre gostei de pessoas que fossem diferentes, e que as suas diferenças se destacassem pela
positiva, não querendo fazer parte da manada que fazem questão em ser copias uns dos outros.
Foi realmente uma coisa que nunca entendi, querer ser como alguém , perder a identidade própria ,
perder aquilo que nos torna tão especiais e únicos. Mas o ser humano sofreu alterações que da
minha perspetiva iram manter se .
Eu adoro a minha diferença , a minha postura perante a vida , e acho piada quando não
compreendem a minha diferença ou se sentem ameaçados por ela . A minha diferença baseia se em
saber utilizar a melhor característica que tenho na minha personalidade , a minha inteligência .
Observei durante algum tempo , o quanto algumas pessoas subestimaram a minha inteligência ,
tentando enganar me com as suas mentiras , fazendo de mim tola.
Esqueceram se que isso mais dia menos dia , iria reverter se e voltar aos seus remetentes , é apenas
uma questão de tempo e paciência. E se existe coisa em que me tornei boa, foi precisamente em ser.

Ser normal , não tem piada!!
Detesto ser subestimada e sempre procurei pessoas que não o fizessem , mas no entanto , não fui
muito assertiva com as minhas escolhas , e aprendi que nem tudo o que parece é ,nem tudo o que
brilha tem luz .
Algo que não podemos sentir culpa é de não sabermos por vezes interpretar os outros .Ás vezes
quando abrimos as “caixinhas ” , o que nos aguarda são conteúdos ocos e fúteis, sem nada de bom a
acrescentar.
A diferença de algumas pessoas pode ser irreverente , e essas são sem dúvida as melhores , aquelas
que não têm medo de mostrar quem são , sem quererem ser aceites pelos outros!
Eu cada vez mais aprecio e dou valor por ser diferente , neste mundo de péssimas cópias!!!!

Carla Milho, Portugal

Edición y recopilación, Christian E Castiblanco

2 comentarios en “Desgosto e inimizade, Carla Milho

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s